EntrevistasImprensa

Vereadora Joice Costa, o sonho de um futuro melhor para Búzios

Joice Costa, Sandra Quezado e Luciana Loureiro
Joice Costa, Sandra Quezado e Luciana Loureiro

Joice Costa, Sandra Quezado e Luciana Loureiro

Brasília (DF) – Vereadora em 2º mandato pela cidade de Armação de Búzios (RJ) e candidata a prefeita nas eleições de 2016, Joice Costa é uma morena bonita e alegre, que sabe que a carreira política virou um desafio nesses tempos de corrupção e denúncias diárias, que tornaram as pessoas da cidade mais exigentes na escolha de seus candidatos. “A figura do vereador amigo, indicado pelo irmão ou parente, acabou, não existe mais a indicação. As pessoas agora querem saber em quem estão votando e isso é muito bom. Meu trabalho exige dedicação, tenho dois filhos pequenos que vejo acordados somente de manhã, mas não me arrependo”.

Realmente não deve ser fácil ajudar a administrar uma cidade que, se é a joia da coroa da Região dos Lagos fluminense, também chamada de Costa do Sol, acumula problemas até decorrentes dessa condição. Búzios, a mais charmosa das três cidades – as outras duas são Cabo Frio e Arraial do Cabo – vê, por exemplo, sua população habitual pular de trinta mil para 150 mil habitantes nos feriados e na alta estação.

De antiga aldeia de pescadores, frequentada por celebridades como Brigitte Bardot e Gunther Sachs, além dos cariocas famosos na década de 60 e 70, quando todos tinham casa em suas praias mais famosas, a vítima da especulação imobiliária desordenada que encheu essas mesmas praias de condomínios a perder de vista, muita coisa mudou por lá e há bastante trabalho para Joyce.

PSDBMulher – Quais são os maiores problemas enfrentados por Búzios atualmente?

Joice – Sem dúvida o saneamento básico é o maior problema da cidade, seguido de perto pela mobilidade urbana e o crescimento desordenado. Coibir ocupações desordenadas é um desafio diário. Temos um plano diretor que proíbe a construção de três pavimentos e foi implantado em 2007, mas há um vácuo jurídico em relação às casas que foram construídas antes dele. Além disso, faltam ciclovias e ensino público de segundo-grau na cidade.

 

PSDBMulher – Búzios tem receita própria?

Joice – Búzios foi emancipada de Cabo Frio há 19 anos e nossa principal receita vem dos royalties do petróleo, que caíram em aproximadamente 2/3 desde que veio a público o escândalo na Petrobras e em função, também da queda no preço do barril de petróleo.

 

PSDBMulher – De quais projetos você se orgulha mais?

Joice – Tenho vários projetos dos quais me orgulho: a implementação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, em 2013; garantir no orçamento através de emenda a implementação do CEAM – Centro de Especialização de Atendimento à Mulher Vítima de Violência e, o mais recente, uma emenda no orçamento que virou lei e garante a realização do Programa Outubro Rosa em Búzios.

 

PSDBMulher – Fale mais sobre o Outubro Rosa, Búzios vai ficar toda rosa, é isso?

Joice – Muito mais do que isso. Quando apresentei a emenda havia 450 requisições de mamografia engavetadas na cidade. Logo em seguida, o Conselho Municipal de Saúde me convidou para deliberar o que fazer com a verba do programa e decidimos que a prioridade seria desengavetar essas requisições e fazer novos exames. Essa providência é muito importante para as mulheres de lá, porque o ônibus de exames de mamografia mais próximo fica em Araruama (40 quilômetros).

 

PSDBMulher – Qual é o seu maior sonho, na vida pública?

Joice – Sonho com o dia em que verei a construção de creches e brinquedotecas construídas em Búzios, para que as nossas mulheres possam estudar e trabalhar tranquilas, sabendo que seus filhos estão seguros. Sonho também com um futuro em que teremos uma educação de segundo grau de qualidade e ensino supletivo para os nossos jovens.

Brasília (DF) – Vereadora em 2º mandato pela cidade de Armação de Búzios (RJ), Joice Costa é uma morena bonita e alegre, que sabe que a carreira política virou um desafio nesses tempos de corrupção e denúncias diárias, que tornaram as pessoas da cidade mais exigentes na escolha de seus candidatos. “A figura do vereador amigo, indicado pelo irmão ou parente, acabou, não existe mais a indicação. As pessoas agora querem saber em quem estão votando e isso é muito bom. Meu trabalho exige dedicação, tenho dois filhos pequenos que vejo acordados somente de manhã, mas não me arrependo”.

Realmente não deve ser fácil ajudar a administrar uma cidade que, se é a joia da coroa da Região dos Lagos fluminense, também chamada de Costa do Sol, acumula problemas até decorrentes dessa condição. Búzios, a mais charmosa das três cidades – as outras duas são Cabo Frio e Arraial do Cabo – vê, por exemplo, sua população habitual pular de trinta mil para 150 mil habitantes nos feriados e na alta estação.

De antiga aldeia de pescadores, frequentada por celebridades como Brigitte Bardot e Gunther Sachs, além dos cariocas famosos na década de 60 e 70, quando todos tinham casa em suas praias mais famosas, a vítima da especulação imobiliária desordenada que encheu essas mesmas praias de condomínios a perder de vista, muita coisa mudou por lá e há bastante trabalho para Joyce.

PSDBMulher – Quais são os maiores problemas enfrentados por Búzios atualmente?

Joice – Sem dúvida o saneamento básico é o maior problema da cidade, seguido de perto pela mobilidade urbana e o crescimento desordenado. Coibir ocupações desordenadas é um desafio diário. Temos um plano diretor que proíbe a construção de três pavimentos e foi implantado em 2007, mas há um vácuo jurídico em relação às casas que foram construídas antes dele. Além disso, faltam ciclovias e ensino público de segundo-grau na cidade.

 

PSDBMulher – Búzios tem receita própria?

Joice – Búzios foi emancipada de Cabo Frio há 19 anos e nossa principal receita vem dos royalties do petróleo, que caíram em aproximadamente 2/3 desde que veio a público o escândalo na Petrobras e em função, também da queda no preço do barril de petróleo.

 

PSDBMulher – De quais projetos você se orgulha mais?

Joice – Tenho vários projetos dos quais me orgulho: a implementação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, em 2013; garantir no orçamento através de emenda a implementação do CEAM – Centro de Especialização de Atendimento à Mulher Vítima de Violência e, o mais recente, uma emenda no orçamento que virou lei e garante a realização do Programa Outubro Rosa em Búzios.

 

PSDBMulher – Fale mais sobre o Outubro Rosa, Búzios vai ficar toda rosa, é isso?

Joice – Muito mais do que isso. Quando apresentei a emenda havia 450 requisições de mamografia engavetadas na cidade. Logo em seguida, o Conselho Municipal de Saúde me convidou para deliberar o que fazer com a verba do programa e decidimos que a prioridade seria desengavetar essas requisições e fazer novos exames. Essa providência é muito importante para as mulheres de lá, porque o ônibus de exames de mamografia mais próximo fica em Araruama (40 quilômetros).

 

PSDBMulher – Qual é o seu maior sonho, na vida pública?

Joice – Sonho com o dia em que verei a construção de creches e brinquedotecas construídas em Búzios, para que as nossas mulheres possam estudar e trabalhar tranquilas, sabendo que seus filhos estão seguros. Sonho também com um futuro em que teremos uma educação de segundo grau de qualidade e ensino supletivo para os nossos jovens.