Preloader
  • NEGOCIAÇÃO PARA CRIAÇÃO DO PSDB-MULHER

    NEGOCIAÇÃO PARA CRIAÇÃO DO PSDB-MULHER

    O então presidente nacional do PSDB, ex-governador e ex-senador Teotonio Brandão Vilela Filho (AL), abriu as portas da casa dele para receber as mulheres que reivindicavam mais espaço na legenda. Assim, o PSDB-Mulher, ainda como projeto, foi adiante, no final da década de 90. “Nós invadimos a casa do Teotônio Vilela e fomos muito bem recebidas por ele”, lembrou a Yeda Crusius (RS). E acrescentou: “Ele foi excepcional conosco”.

  • NASCIMENTO DO SECRETARIADO DO PSDB-MULHER

    NASCIMENTO DO SECRETARIADO DO PSDB-MULHER

    É criado o Secretariado Nacional do PSDB Mulher, durante a 5ª Convenção Nacional da legenda. A então deputada federal Yeda Crusius (RS) assumiu a presidência da Comissão Executiva Nacional. A partir daí, as mulheres tucanas prosseguiram na luta por mais espaços na organização política do PSDB no país.

  • É CRIADO O REGIMENTO INTERNO E COLOCADA NO AR UMA PÁGINA EXCLUSIVA PARA O SEGMENTO

    É CRIADO O REGIMENTO INTERNO E COLOCADA NO AR UMA PÁGINA EXCLUSIVA PARA O SEGMENTO

    É aprovado o Regime Interno do Secretariado Nacional do PSDB Mulher e elaborada a primeira versão da Cartilha do Curso de Formação Política para Mulheres tucanas. Um mês depois, com apoio do Instituto Teotônio Vilela (ITV) e de seu então presidente, Lúcio Alcântara (CE), foi realizada uma sequência de reuniões de trabalho em Brasília.

  • PSDB-MULHER DEFINE SUA PLATAFORMA POLÍTICA

    PSDB-MULHER DEFINE SUA PLATAFORMA POLÍTICA

    É realizado Seminário para a Discussão e Redefinição do Papel Social de Militante do PSDB-Mulher, que iniciou o Programa de Formação e Integração da Rede Nacional de Militantes do segmento. A CARTA DE BRASÍLIA passou a ser considerada a plataforma política do PSDB Mulher.

  • TUCANAS SÃO ELEITAS PARA CARGOS NO EXECUTIVO E LEGISLATIVO

    TUCANAS SÃO ELEITAS PARA CARGOS NO EXECUTIVO E LEGISLATIVO

    Foram eleitas três vice-governadoras Maria de Lourdes Abadia (DF), Odaisa Fernandes (RO) e Maria Lauremília de Lucena (PB). No Senado, foi eleita Lúcia Vânia (GO) e na Câmara, seis deputadas federais – Yeda Crusius (RS), Zulaê Cobra (SP), Raquel Teixeira (GO), Thelma de Oliveira (MT), Denise Frossard (RJ), Rose de Freitas (ES).

  • MARISA SERRANO (MS) É ELEITA PRESIDENTE DO SEGMENTO

    MARISA SERRANO (MS) É ELEITA PRESIDENTE DO SEGMENTO

    É realizado o 2º Encontro Nacional do PSDB-Mulher e escolhida a coordenação e escolhida a coordenação do Secretariado Nacional Biênio 2004-2006. Marisa Serrano (MS) é eleita presidente do segmento e Yeda Crusius (RS) presidente de honra.

  • MULHERES COMEÇAM PREPARATIVOS PARA AS ELEIÇÕES

    MULHERES COMEÇAM PREPARATIVOS PARA AS ELEIÇÕES

    Durante o Seminário Comunicação e Propaganda na Campanha Eleitoral de 2004, organizado pelo PSDB em Brasília, são lançados os Cadernos de Formação Política e o Caderno da Candidata.

  • MARIA DE LOURDES ABADIA ASSUME A PRESIDÊNCIA DO SEGMENTO

    MARIA DE LOURDES ABADIA ASSUME A PRESIDÊNCIA DO SEGMENTO

    É realizado o 3º Encontro Nacional do PSDB-Mulher, quando foi eleita, por unanimidade, a Mesa Diretora para o Biênio 2006-2007. Mais de 700 mulheres tucanas participaram do evento. Na ocasião, a vice-governadora do Distrito Federal, Maria de Lourdes Abadia, assumiu a presidência do segmento.

  • MAIS UMA AÇÃO PARA CAPACITAR MULHERES PARA POLÍTICA

    MAIS UMA AÇÃO PARA CAPACITAR MULHERES PARA POLÍTICA

    Oficina de Formação Política para Mulheres, desenvolvida para propiciar a capacitação permanente das tucanas

  • PRIMEIRA GOVERNADORA PELO PSDB É ELEITA

    PRIMEIRA GOVERNADORA PELO PSDB É ELEITA

    O PSDB Mulher comemora a eleição da primeira governadora eleita do PSDB, Yeda Crusius, no Rio Grande do Sul

  • THELMA DE OLIVEIRA (MT) É ELEITA NOVA PRESIDENTE DO SEGMENTO

    THELMA DE OLIVEIRA (MT) É ELEITA NOVA PRESIDENTE DO SEGMENTO

    Thelma de Oliveira (MT) assume a presidência do PSDB-Mulher e decide viajar por todo o Brasil para implantar o secretariado nos estados. Ela interiorizou o segmento em vários municípios, além de comandar a primeira campanha nacional de filiação de mulheres.

  • 10 ANOS DO PSDB-MULHER E DE CONQUISTAS

    10 ANOS DO PSDB-MULHER E DE CONQUISTAS

    Promovido o I Fórum Nacional do PSDB-Mulher: Fazendo história e consolidando Direitos, em comemoração aos 10 anos do PSDB-Mulher, que reuniu mais de 600 tucanas. Na ocasião, a presidente nacional do segmento, Thelma Oliveira, instituiu a “Medalha Ruth Cardoso” para homenagear mulheres, homens ou instituições que contribuam para a erradicação da pobreza e o avanço das conquistas das mulheres. Ano do lançamento do Manual da Candidata Tucana. Netes mesmo ano, a Reforma eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional determinou que 5% do Fundo Partidário deveriam ser investidos obrigatoriamente para criar e manter programas destinados a promover a participação das mulheres na política partidária.

  • TUCANAS SE UNEM NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

    TUCANAS SE UNEM NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

    São eleitas uma senadora Lúcia Vânia (Goiás), três deputadas federais Andreia Zito (RJ), Bruna Furlan (SP) e Mara Gabrilli (SP), além de 14 deputadas estaduais. Em Encontro Nacional dos Secretariados Estaduais do PSDB-Mulher foi lançada a cartilha “Diga não à violência contra as Mulheres”.

  • LANÇAMENTO DA CARTA DO RECIFE – ““PSDB-MULHER FORTE, PSDB MELHOR”

    LANÇAMENTO DA CARTA DO RECIFE – ““PSDB-MULHER FORTE, PSDB MELHOR”

    Em Congresso Nacional realizado em Recife (PE), que reuniu mais de mil tucanas, o PSDB-Mulher, sob o comando de Thelma de Oliveira (MS), divulga a CARTA DO RECIFE “PSDB-Mulher forte, PSDB melhor”

  • MULHERES ALCANÇAM MAIS ESPAÇO NA POLÍTICA

    MULHERES ALCANÇAM MAIS ESPAÇO NA POLÍTICA

    O PSDB-Mulher conquistou a garantia de 30% dos cargos internos do partido às mulheres, seja nos Diretórios ou na Executiva. A primeira ministra da Mulher no país, Solange Jurema, assume a presidência do PSDB-Mulher, sendo reeleita e permanecendo na função até 2017.

  • BANCADA FEMININA NA CÂMARA CRESCE

    BANCADA FEMININA NA CÂMARA CRESCE

    Para a Câmara, foram eleitas cinco mulheres do PSDB e 12 como deputadas estaduais. Na Câmara Federal, a bancada feminina cresceu de 45 para 51, nestas eleições. Foram eleitas as deputadas federais Bruna Furlan (SP),Mara Gabrilli (SP), Mariana Carvalho (RO), Shéridan (RR) e Geovania de Sá (SC), além de 12 deputadas estaduais.

  • PSDB-MULHER OCUPA ESPAÇOS NA EXECUTIVA NACIONAL DO PARTIDO

    PSDB-MULHER OCUPA ESPAÇOS NA EXECUTIVA NACIONAL DO PARTIDO

    Solange Jurema é reeleita para a presidência nacional do PSDB-Mulher e decide priorizar os investimentos em capacitação das tucanas. A Convenção Nacional do PSDB decidiu que uma das seis vagas de vice-presidente do partido será ocupada por uma mulher. A deputada Mariana Carvalho (RO) foi a primeira a ocupar o cargo.. Na ocasião, as tucanas conquistaram o direito de que titulares de Secretariados participem das reuniões da Comissão Executiva com oportunidade de ter voz e votos

  • PSDB-MULHER ALÇA VOOS MAIS ALTOS

    PSDB-MULHER ALÇA VOOS MAIS ALTOS

    Nas eleições municipais, foram eleitas 80 prefeitas do PSDB, 78 vice-prefeitas da legenda e 706 vereadoras. Três prefeitas eleitas e uma vice-prefeita acompanharam a então presidente nacional do PSDB-Mulher, Solange Jurema, em viagem à Alemanha, a convite da Fundação Konrad Adenauer.

  • MARIANA CARVALHO É ÚNICA MULHER ELEITA PARA MESA DA CÂMARA NO BIÊNIO 2017-2018

    MARIANA CARVALHO É ÚNICA MULHER ELEITA PARA MESA DA CÂMARA NO BIÊNIO 2017-2018

    Mariana Carvalho (RO) é eleita para a 2ªSecretaria da Mesa da Câmara dos Deputados. Aliás, foi a única mulher eleita para Mesa no biênio 2017-2018. A então deputada federal Yeda Crusius (PSDB-RS) é eleita presidente do Secretariado da Mulher-PSDB para o mesmo período

  • PELA 1ª VEZ, TUCANAS RECEBEM 30% DO FUNDO ELEITORAL PARA CAMPANHA

    PELA 1ª VEZ, TUCANAS RECEBEM 30% DO FUNDO ELEITORAL PARA CAMPANHA

    Com um crescimento de 60% em relação à bancada eleita em 2014 e de 33% nos estados, pela primeira vez, as candidatas tiveram recursos do partido para fazer campanha, foram eleitas uma senadora Mara Gabrilli (SP), oito deputadas federais Mara Rocha (MS), Tereza Nelma (AL), Rose Modesto (MS), Mariana Carvalho (RO), Geovania Sá (SC), Bruna Furlan (SP), Edna Henrique (PB), Shéridan (RR), além de 16 deputadas estaduais eleitas. As pré-candidatas receberam um kit campanha com orientações sobre assistência jurídica e contábil.

  • 20 ANOS DO PSDB-MULHER

    20 ANOS DO PSDB-MULHER

    Acontece, no Plenário da Câmara dos Deputados, a sessão solene que marca o aniversário de 20 anos do PSDB-Mulher. No mesmo dia, foi realizado o XI Encontro Nacional do PSDB-Mulher, onde houve a eleição da nova composição do Secretariado Nacional.

  • PSDB-MULHER INOVA E PROMOVE UMA REVOLUÇÃO DIGITAL ENTRE AS TUCANAS

    PSDB-MULHER INOVA E PROMOVE UMA REVOLUÇÃO DIGITAL ENTRE AS TUCANAS

    Lançamento do portal do EaD – Educação a Distância da Plataforma Digital PSDB-Mulher 2020, com cursos de capacitação para pré-candidatas e pré-candidatos. Por meio da Plataforma Digital, foram realizadas Palestras Interativas de Capacitação; Masterclass com Mestres; Encontros Regionais e Nacionais; Encontros nas Cinco Regiões do País; Fala Prefeita/ Vida de Vereadora; e Debates com Parlamentares.