ImprensaNotícias

Brasileiros esperam o fim da corrupção, diz Mariana Carvalho sobre investigação a Lula

marianaO Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao denunciá-lo por crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica relacionados ao tríplex, no Guarujá, em São Paulo. Para a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), as investigações atendem a um clamor da população.

“Os brasileiros já estão esperando por muito tempo com que essa fase do momento de corrupção que o país vive acabe. E isso gera uma esperança principalmente antecedendo o dia 13. As manifestações que estão levando milhares de brasileiros nas ruas por essa luta contra a corrupção”, disse.

A denúncia foi divulgada nessa quinta-feira pelos promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Araújo. Eles afirmaram ser “imprescindível o decreto da prisão preventiva, em razão da conveniência da instrução criminal”. Para Mariana Carvalho, essa é apenas a porta de entrada para o ex-presidente responder por outros crimes.

“Não apenas isso, mas outros vários fatores. A partir do momento que você começa abrir uma porta, várias outras vão se abrir. Golpe é o que esse ex-presidente do Partido dos Trabalhadores faz com os brasileiros. Aumentando o desemprego,  aumentando a inflação, e acabando com o nosso país, com a credibilidade do Brasil”, acrescentou.

Líderes da oposição na Câmara analisaram que o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula deve ajudar a atrair mais pessoas para as manifestações pró-impeachment marcadas para o próximo domingo, dia 13. O líder da oposição e deputado federal pelo PSDB,  Miguel Haddad, de São Paulo afirmou que acompanhou as explicações do Ministério Público e avaliou que o trabalho do órgão foi bem elaborado e consistente.