ImprensaPSDB Mulher pelo Brasil

Maria José: exemplo do RN no Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha

Acervo pessoal de Maria José Vitor
Acervo pessoal de Maria José Vitor

Acervo pessoal de Maria José Vitor

Poucos sabem, mas o 25 de julho marca o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha. E não é preciso ir muito longe para saber a importância da data. São muitas as pesquisas que apontam a mulher negra com o menor nível de escolaridade, a que trabalha mais e a que atua nas condições mais precárias. Também são poucas as que conseguem romper as barreiras do preconceito e da discriminação.

Membro do PSDB Mulher de Natal e do Tucanafro do Estado do Rio Grande do Norte, Maria José Vitor da Silva, 38 anos, é mais um exemplo de até, onde as mulheres negras podem ir. “Este é o momento de todas nós tomarmos a consciência da oportunidade de mudança. O PSDB junto com o Tucanafro está nesta luta em busca de uma política renovadora”, disse.

Maria José lembra que decidiu entrar para a militância partidária quando percebeu a necessidade de defender o “caminho da honestidade, simplicidade, educação e alegria. Tendo consciência de todas as dificuldades que temos pela frente para resolver, vamos transformar isso em uma força de vontade para mudar a velha política que não nos representa, baseada em tantos escândalos de corrupção”.

A tucana finaliza convocando as mulheres, negras ou não, a se juntarem na busca por uma verdadeira revolução na política brasileira. “As mulheres do RN estão quebrando um tabu, mostrando inteligência, sabedoria e capacidade. É possível construir um país ético, sem demagogia, com mais respeito e amor, com oportunidades para todos sempre a favor da democracia”.

*Fonte: PSDB-Mulher RN