MARA ROCHA – AC

Empresária e jornalista, Mara Rocha foi a deputada federal mais votada do Acre nas eleições de 2018. Foi eleita por duas vezes pelo Ranking dos Políticos como a melhor parlamentar federal do estado. Em sua trajetória política, se destaca na luta pela regularização fundiária e na defesa dos direitos de pessoas transplantadas e com deficiência. É autora de 37 projetos de Lei, entre eles o PL 2063, de 2019, que estabelece a isenção do Imposto de Importação sobre próteses e equipamentos de acessibilidade para pessoas portadoras de deficiência.



MARIANA CARVALHO – RO

Formada em Medicina e Direito, Mariana Carvalho foi eleita para exercer seu primeiro mandato na Câmara com apenas 27 anos. Atualmente em seu segundo mandato, foi reeleita para o cargo em 2018 com 38.776 votos. Antes disso foi também vereadora em Porto Velho, capital de Rondônia. Considerada como símbolo da nova política em sua região, ela trabalha no Congresso Nacional por mais desenvolvimento para seu estado e por um Brasil melhor. É autora de 186 projetos de Lei, entre eles o que institui a Semana Nacional de Prevenção e Combate à Microcefalia (PL 1599/2020). Foi também coautora da proposta que regulamenta o repasse de recursos do Fundeb para a educação básica brasileira.



SHÉRIDAN – RR

Em 2014, Shéridan foi a deputada eleita com a maior votação proporcional entre as mulheres para a Câmara dos Deputados em todo o país. Atualmente em seu segundo mandato como deputada federal, a parlamentar é conhecida por suas ações voltadas para os deficientes e idosos, trabalhando pela defesa das mulheres do campo e das pessoas com deficiência. Formada em Psicologia, foi secretária da Promoção Humana e Desenvolvimento do Governo de Roraima por seis anos. Na Câmara é autora de 47 projetos de Lei, entre eles o PL 5587/2020, que altera o Código Eleitoral para incluir aumento de pena nos crimes de calúnia, injúria e difamação eleitorais em virtude de violência política contra a mulher.


EDNA HENRIQUE – PB

Delegada e ex-prefeita do município de Monteiro (PB) por dois mandatos, Edna Henrique foi eleita para o seu primeiro mandato como deputada federal pela Paraíba em 2018, com 69.935 votos. Extremamente atuante, é autora de 145 projetos de Lei, entre eles o PL 5315/20, que altera o Código Penal para prever aumento de pena para os crimes praticados em local destinado a culto religioso, e relatora de outros dois em tramitação. Entre as pautas que defende está o fomento ao setor agropecuário e uma educação pública de qualidade. Em função disso, defendeu a aprovação do novo Fundeb, que visa garantir mais recursos para o setor.


TEREZA NELMA – AL

Após quatro mandatos consecutivos como vereadora, Tereza Nelma foi eleita como deputada federal por Alagoas com 44.207 votos. Psicóloga e especialista em educação especial, sua atuação na área de direitos humanos e inclusão social já lhe rendeu reconhecimento nacional. Recebeu em 2015 o prêmio “Brasil mais Inclusão”, pela iniciativa de criar uma casa de apoio e assistência a mulheres com câncer. É autora de 47 projetos de Lei na Câmara, sendo ainda coautora da proposta que inclui a mulher com deficiência no rol exemplificativo da Lei Maria da Penha, de forma a garantir mais visibilidade a essas brasileiras.


BIA CAVASSA – MS

Professora, Bia Cavassa se candidatou à deputada federal pelo Mato Grosso do Sul em 2018, alcançando a suplência. Assumiu a cadeira na Câmara em 2019, atuando principalmente pela defesa da igualdade de gêneros e inclusão social. É autora de 22 projetos de Lei e relatora de outros dois em análise, além de titular na Secretaria da Mulher. É autora do PL 1974/2020, que altera a Lei de Crimes Ambientais, aumentando a pena do crime de incêndio em mata ou floresta.



ROSE MODESTO – MS

Em seu primeiro mandato como deputada federal pelo Mato Grosso do Sul, Rose Modesto iniciou sua vida pública como vereadora da capital Campo Grande. Atuou ainda como Secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho do estado, sendo eleita vice-governadora em 2015, em chapa com o tucano Reinaldo Azambuja. Professora e bacharel em História, é atuante na defesa dos direitos das mulheres. É autora de 38 projetos de Lei na Câmara, entre eles o PL 1568/2019, que prevê pena mínima de 20 anos em regime fechado para crime de feminicídio.


BRUNA FURLAN – SP

Bruna Furlan está em seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados. Uma das parlamentares mais votadas no estado de São Paulo, trabalha em defesa da melhoria na qualidade de vida das pessoas, principalmente aquelas com necessidades especiais. É autora de 35 projetos de Lei e relatora de outros seis em análise na Câmara. Além do Estatuto da Juventude, defendeu o voto aberto para cassação de deputados e a aposentadoria especial para pessoas com deficiência. Ajudou a barrar a PEC 37 que diminuía o poder do Ministério Público e é relatora do projeto que cria metas de erradicação da pobreza.


GEOVANIA DE SÁ – SC

Nascida em Criciúma, Geovânia de Sá é formada em Administração de Empresas e pós-graduada em Gestão de Pessoas. Estreou na política em 2009, na chefia da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação. Em 2012 foi eleita a vereadora mais votada da história da sua cidade natal. Posteriormente assumiu a Secretaria de Saúde. Geovânia tem a defesa da família como uma de suas principais bandeiras e atua na Câmara dos Deputados priorizando a expansão de cursos técnicos para formação de mão de obra qualificada e a maior participação da União na alocação de recursos para áreas como a Saúde. Está em seu segundo mandato como deputada federal, sendo autora de 34 projetos de Lei e relatora de 22 propostas em tramitação.

 


Confira abaixo quem compõe o partido:

Coordenação Executiva

Secretariado Nacional da Mulher

Senadora

Prefeitas

Deputadas Estaduais

Vereadoras