BibliotecacorrupçãoImprensaNotíciasPolíticapolítica

Executiva do PSDB Mulher: Hoje se coloca um ponto final na era PT

Foto: George Gianni/PSDB

Foto: George Gianni/PSDB

Brasília (DF) – Esta quarta-feira (11) ficará na história brasileira. Nossos netos lerão nos livros escolares sobre o momento em que o país finalmente conseguiu se libertar do jugo de um partido que durante 13 anos o hipnotizou e espoliou, enquanto prometia um mundo de fartura e prosperidade que existia apenas nas propagandas da televisão.

Chegamos ao fim dessa jornada empobrecidos, com a inflação descontrolada, mais de 11 milhões de cidadãos desempregados, a saúde pública em frangalhos, enfrentando três epidemias – dengue, zika e gripe H1N1 -, insegurança, com a dignidade abalada por escândalos cada vez mais repugnantes, devendo a praticamente todos os organismos internacionais e divididos internamente e a imagem no exterior abalada, como jamais estivemos.

Os efeitos perniciosos da política de ódio e exclusão pregada pelo PT e seus partidos aliados ainda se fará sentir por muitos anos. Não será fácil sair do fundo do poço onde a ganância e a falta de escrúpulos dos gestores petistas nos lançou, mas o primeiro passo foi dado e comemorado pelas tucanas da Executiva do PSDB Mulher Nacional.

Solange Jurema, presidente nacional do PSDB Mulher: Este é um dia histórico para o Brasil, por demonstrar que nossas instituições estão fortes e que o povo se conscientiza cada vez mais de sua capacidade de influenciar o Congresso Nacional que, por sua vez, jamais será o mesmo. A população que foi às ruas descobriu o poder que tem de fiscalizar seus representantes e continuará a fazê-lo. Esse 11 de maio também ensina uma lição importante a nossos governantes, que estão conscientes de que, da mesma maneira que hoje são adorados podem ser execrados amanhã, caso façam um mau governo.

Yeda Crusius, presidente de honra do PSDB Mulher: O momento histórico pelo qual passa o Brasil é o de impeachment da presidente que jogou o país na maior crise da história. Com toda a responsabilidade que o momento requer, o período que hoje começa requer o PSDB ação e participação. O PSDB Mulher faz a sua parte, agindo e propondo. Tchau querida.

Kátia Maciel, Coordenadora Jurídica do PSDB Mulher: 11 de maio, data história para o nosso país. Dia em que pela vontade do povo, se coloca um ponto final na era PT, ressurgindo a esperança do povo brasileiro em um Brasil mais justo, pois não queremos mudar de país queremos um país melhor.

Adriana Toledo, Coordenadora de Formação e Cidadania do PSDB Mulher: Estou assistindo nesse 11 de maio os poderes curvarem-se aos anseios do povo, que clama por uma política justa, responsável e honesta. É a democracia sendo democracia: governo do povo, pelo povo e para o povo.

Terezinha Nunes, Coordenadora de Comunicação Social: O Brasil vive hoje um dia decisivo. Deixa para trás a Era PT que tanto infelicitou o país e volta à normalidade. O espírito deve ser de união nacional em torno do novo presidente para que promova as reformas que o povo requer.

Flávia Cruvinel é Coordenadora de Rede de Ações Afirmativas: Hoje começará a valer a vontade da nação brasileira. Chega de amadorismo gestor com nosso Brasil e nossas vidas. Política é coisa séria. Dela depende vidas. O povo está nas ruas…o POVO ESTÁ NAS RUAS!!!!  Dilma alega que é perseguida por ser mulher. Não é isso. Infelizmente a primeira mulher a assumir a presidência do Brasil não é empoderada, mas sim, foi e se permitiu ser manipulada por Lula.  Como a mesma sempre alegou que não faz nada sem o consentimento disfarçado de opinião de seu mentor, seu criador, e ela, a criatura. Nossa luta é pelo EMPODERAMENTO da mulher.

Cristina Lopes Afonso, 1ª Tesoureira do PSDB Mulher: Em uma democracia jovem como a que vemos no Brasil e em um cenário desolador nas contas públicas, ter um espirito elevado de justiça e amparar o desejo do cidadão brasileiro é oferecer um sopro de esperança para todos. Estamos vivendo uma data histórica. Neste 11 de maio vemos que os poderes se unem ao clamor do povo para novas atitudes e posturas políticas que constroem um Brasil com mais esperança no futuro. 11 de maio de tornará conhecido como dia do impedimento. Chega de atraso, populismo e assalto do progresso do nosso Brasil. Que fique impedido o roubo do dinheiro do Brasil

Iraê Lucena é Coordenadora de Representantes do Legislativo: Hoje é uma data histórica para o Brasil onde renasce a esperança de milhões de brasileiros por dias melhores que virão!! Vamos virar a página negra que estamos vivendo e purificar a nação!!

Bibi Alves, Coordenadora de Eventos: Estou participando da organização das mobilizações das ruas, do meu segundo processo de Impeachment. Primeiro do Collor e agora da Dilma. Hoje com uma diferença, o acesso à comunicação, facilitou a massificação das informações, o que tornou possível o maior envolvimento da população, despertou o patriotismo, a vontade de defender a Pátria Brasileira. A partir de agora, nenhum brasileiro será o mesmo, todos serão mais atentos, nunca mais alguém vai esquecer em quem votou. Esse será o lado bom que esse momento tão delicado da história irá deixar as novas gerações. Eu fiz a minha parte, dei exemplo aos meus filhos e netos quando fui paras ruas levando minha família. Eu quero que eles participem para ter um País melhor, com justiça social. Ao novo Brasil! Passado a limpo a partir de hoje!

Angela Sarquiz é 2ª Secretária do PSDB Mulher: Amanhã teremos um novo despertar. Foi um tempo de crise, mas nos deixa bons frutos: A Intolerância com a Corrupção. Renovação da Democracia. Novo Rumo Econômico. O Reconhecimento das demandas populares com as vozes das ruas. A Nossa Luta Não Foi em Vão!

Jimmyana Rocha, Coordenadora de Rede do 3º Setor: Hoje morre a desesperança e nasce junto a milhões de brasileiros um novo País. Oposição e Movimentos Sociais juntos protagonizaram um momento histórico e despertaram a essência da boa política, transparente e fiscalizadora. Que essa “ponte para o futuro” se torne uma realidade.