ImprensaNotícias

Vendas do Dia das Mães têm pior desempenho desde 2003

compras_Dia das Maes_FOTO EBCComo já era esperado por especialistas de mercado, o Dia das Mães este ano teve o pior desempenho desde o início da série histórica, em 2003, do indicador da Serasa Experian. De acordo com matéria do jornal O Globo desta terça-feira (10), as vendas caíram 8,4%durante a semana da data, em relação ao mesmo período do ano passado. Já no fim de semana da comemoração, houve queda de 9,5% em todo o país se comparado ao mesmo período em 2015.

O fraco desempenho se deve pela queda do poder de compra dos brasileiros diante da desastrada política econômica adotada pela presidente Dilma Rousseff. O alto número do desemprego, a inflação em patamar elevado e a dificuldade de acesso ao crédito obrigaram as famílias brasileiras a evitar a compra de presentes para a matriarca.

“Já era o esperado, o varejo já tinha apresentado um resultado muito ruim na Páscoa, de 9,6%, o que já indicava a gravidade da situação econômica”, explicou Luiz Rabi, economista da Serasa Experian ouvido pelo jornal. “Devido à perda do poder de comprar e a desconfiança com a situação econômica, o consumidor não estava disposto a se endividar e entrar em um financiamento para comprar bem duráveis como antes”, acrescentou.