ImprensaNotícias

Com deputado Bruno Araújo, PSDB dá voto decisivo para aprovação do impeachment na Câmara

BrunoAraujo_SessaoAprovaImpeachment_1Representando o desejo dos milhões de brasileiros cansados da corrupção instalada no governo pelo PT, o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) deu o voto decisivo para a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, na noite histórica deste domingo (17). Com a voz embargada, o tucano ressaltou, ao proferir o 342º voto favorável ao afastamento da petista, que sua decisão era parte de sua luta “pela liberdade e pela democracia” no país.

“Senhor presidente, quanta honra o destino me reservou de poder, da minha voz, sair o grito de esperança de milhões de brasileiros. Senhoras e senhores, Pernambuco nunca faltou ao Brasil. Carrego comigo nossas histórias de luta pela liberdade e pela democracia. Por isso, eu digo ao Brasil ‘sim’ para o futuro!”, disse o emocionado tucano, muito festejado pelos parlamentares opositores do governo.

O voto de Bruno Araújo foi feito às 23h08, cerca de cinco horas e meia após o início da votação. A decisão pelo prosseguimento do processo de impeachment de Dilma foi alcançada com grande antecedência, uma vez que 36 parlamentares ainda votaram após o discurso de Araújo.

O pernambucano Bruno Araújo está em seu terceiro mandato como deputado federal. Advogado de formação, foi eleito o deputado estadual mais jovem de Pernambuco em 1998, quando tinha apenas 26 anos. Foi líder do PSDB e se transformou numa das principais lideranças do partido na Câmara.