ImprensaNotícias

Solange Jurema apela por estados e municípios em seminário “Caminhos para o Brasil – Social”

Foto: George Gianni/PSDB
Foto: Saulo Cruz

Foto: Saulo Cruz

A Presidente Nacional do PSDB Mulher, Solange Jurema, mediou nesta quinta-feira (10) o seminário “Caminhos para o Brasil – Social”, uma parceria do Instituto Teotônio Vilela (ITV) com o PSDB, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados em Brasília. Com o objetivo declarado pelo presidente do ITV, José Aníbal, de debater ideias e propostas para as áreas de assistência social e cidadania, emprego e renda, combate à pobreza, idosos, infância e juventude, mulheres e pessoas com deficiência, o evento contou com a presença de várias lideranças do partido e o comando do senador Aécio Neves e do próprio José Aníbal.

Após a abertura “História das políticas sociais do Brasil”, feita pelo deputado federal Eduardo Barbosa (MG), Solange tomou a palavra para cumprimentar o orador por mostrar as conquistas sociais levadas a cabo durante os governos Fernando Henrique Cardoso.

“Parece que o PSDB se sente desconfortável em falar de políticas sociais. Quero parabenizar a você, José Aníbal, e também a Eduardo Barbosa, por terem trazido aqui um tema tão sensível e importante, antes de passar a palavra ao primeiro orador”, destacou Solange, para quem a maior de todas as políticas sociais é a da Educação.

Não por acaso, seu trecho preferido na publicação “Conversando com a Realidade Social do Brasil”, entregue na pasta do seminário, é uma frase de Ruth Cardoso: “Não existe inclusão social sem que a Educação seja o carro-chefe do processo de transformação social”.

Na mesma ocasião foi distribuído o Caderno “Travessia”, com 126 sugestões em 18 áreas diferentes que, nas palavras de José Aníbal; “querem levar a você nossas propostas para um Brasil mais justo, moderno e ético. Manteremos um diálogo permanente com a sociedade na certeza de que juntos seremos capazes de construir soluções e saídas para a crise social, econômica e moral que se agrava a cada dia”.

Para o Presidente do PSDB, senador Aécio Neves, a importância do Caderno “Travessia” está no fato de que o grande desafio da redução das desigualdades é fazer com que os que mais precisam e menos têm possam acessar as portas da inclusão de forma real e sustentável, o que só se torna possível quando a pobreza é enfrentada com ações que representam uma travessia social real na vida diária da população. “Travessia significa movimento. Significa deixar um lugar na sociedade para construir um outro, melhor”.

Coube a Solange Jurema encerrar o seminário, o que ela fez com um apelo a Aécio Neves.

“Presidente, ter um plano de política social é tão importante quanto ter um plano de política econômica. A concentração fiscal nas mãos do governo federal produz uma distorção cruel, estrangula estados e municípios e prejudica a execução dessas ações sociais exatamente onde são mais necessárias”.