ImprensaNotícias

“A mulher já conquistou o direito de votar. Agora, precisa conquistar o direito de ser votada”

Ex-governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius esteve no evento de 84 anos do voto feminino no Brasil, em Mesquita

FotoYedaA presidente de Honra do PSDB Mulher e ex-governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, esteve em Mesquita no último sábado, dia 20 de fevereiro, para o evento de celebração dos 84 anos do voto feminino no Brasil, promovido pelo diretório local, presidido por Jorge Miranda, que também é o pré-candidato tucano à prefeitura do município,  em parceria com o PSDB Mulher do Estado do Rio, reunindo lideranças tucanas de toda a Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Yeda chamou atenção quando disse que a mulher conquistou o direito de votar, mas não o de ser votada. Ela convidou as mulheres presentes na plateia composta por lideranças tucanas da Região Metropolitana para uma maior participação na vida político-partidária, afirmando que, só assim, as questões femininas deixarão de ser preteridas pelas políticas públicas. Como exemplo, Yeda citou a crise da zika, um descuido do Poder Público que afeta especialmente as grávidas e as mães.

“O mosquito deu a volta ao mundo, e veio causar microcefalia apenas aqui no Brasil. Por quê? É o que o mundo inteiro se pergunta. As mulheres estão abandonadas, inclusive em relação à políticas de saúde. E esse problema é especialmente delas. Pois são elas que são as grávidas. E elas que vão cuidar dos filhos com sequelas”, alertou.

A ex-governadora lembrou o calendário eleitoral, convidando mulheres a se filiarem ao PSDB a tempo de se candidatarem. O prazo vai até 2 de abril.

“Nós mulheres já estamos participando de tudo, do Direito, da escola, da casa, da saúde. Venham participar da política! Aproveitem essa oportunidade e venham se filiar ao PSDB e fazer uma política verdadeiramente municipalista, onde o município arrecada e recebe. Em vez de esperar repasses com pires na mão, como hoje acontece”, avaliou.

*Foto:Javier Gomez Luengo/Texto:Betina Peppe Diniz, do Site do PSDB RJ