Artigos e EntrevistasBibliotecaestuprofeminismoImprensaNotíciassala de leitura

Casos de estupros podem levar anos na Justiça

O relato de uma jovem de 24 anos que denuncia ter sido estuprada por um segurança em uma festa de réveillon é apenas o primeiro episódio do caso, que deve se desenrolar por anos na Justiça
O relato de uma jovem de 24 anos que denuncia ter sido estuprada por um segurança em uma festa de réveillon é apenas o primeiro episódio do caso, que deve se desenrolar por anos na Justiça

O relato de uma jovem de 24 anos que denuncia ter sido estuprada por um segurança em uma festa de réveillon é apenas o primeiro episódio do caso, que deve se desenrolar por anos na Justiça

Alguns casos relacionados a estupros demoram anos para ser concluídos na justiça brasileira, principalmente os que envolvem a embriaguez da mulher.  Muitas vezes, a vítima é acusada pelos agressores de ter permitido o sexo por consenso, embora eles mesmos reconheçam que ela estava totalmente embriagada.

Agora, no processo, a mulher terá que se defender como se ela fosse a responsável pelo ataque nojento de dois homens que se aproveitaram da momentânea embriaguez. É o que mostra a reportagem do periódico Correio Braziliense. http://migre.me/sCH3g