ImprensaNotícias

Farra dos comissionados: governo federal tem ministérios com até 70% de cargos comissionados

ministerios-lauro-jardimBrasília (DF) – Mesmo com os 115 mil servidores públicos contratados por meio de concurso na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo federal ainda tem boa parte dos seus cargos de confiança ocupados por funcionários comissionados. Segundo um levantamento feito com base no Portal da Transparência, em alguns ministérios, os cargos comissionados correspondem a 70% do quadro de funcionários. As informações são de colunado jornalista Lauro Jardim, publicada nesta segunda-feira (16/11) no portal do O Globo.

O ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), por exemplo, tem um total de 586 cargos de confiança para um total de 839 funcionários. A maioria dos cargos de confiança entra na categoria de Direção de Assessoramento Superior (DAS), os mais disputados por terem as maiores remunerações. No MDS, 475 funcionários estão na condição DAS, ou seja, 81% dos cargos de confiança.

No ministério da Pesca, 98% dos cargos DAS estão ocupados por funcionários comissionados. Esse índice é de 87% no ministério dos Esportes, 75% no das Cidades, 73% no da Defesa e 71% no do Turismo.

Já na Presidência da República, os cargos de confiança correspondem a 85% do total de funcionários em exercício. São 3.127 comissionados, para um total de 3.656 funcionários.

Em março, o número de cargos e funções de confiança na administração direta, autarquias e fundações chegava a 89.550. Em seis ministérios e na Presidência da República, o número de comissionados supera 50% do quadro de funcionários. O levantamento não considera os funcionários terceirizados, que não aparecem nas estatísticas do governo.