ImprensaNotícias

Lideranças petistas deveriam reconhecer responsabilidade por crise que afunda o Brasil, diz Geovânia

Foto: Agência Câmara

geovania de sa foto Agencia CamaraComeçaram a ser veiculadas no último sábado propagandas do PT de 30 segundos com Dilma e Lula reconhecendo, finalmente, que o país enfrenta dificuldades na economia. Nas peças, os petistas prometem melhorar o quadro e o retomar o crescimento econômico do Brasil. Mas, em momento algum, apontam o que será feito para que o país se recupere e tampouco quando isso ocorrerá. Para a deputada federal Geovânia de Sá (PSDB-SC), se o governo não reconhecer que foi o principal responsável pela situação não conseguirá retirar o Brasil dela. Até aqui os petistas insistem em jogar toda a culpa em problemas externos.

De acordo com a tucana, houve uma série de ações inconsequentes na gestão petista que colocaram a população em maus lençóis. Um dos exemplos citados pela parlamentar foi a polêmica postura do BNDES de priorizar investimentos em infraestrutura em outros países, enquanto os bilhões emprestados poderiam ter sido usados aqui.

Segundo a deputada, as políticas populistas e inconsequentes adotadas pelos governos do PT miravam apenas as eleições. “Não pensaram no nosso país e agora estamos vivendo essa crise econômica que todos estão sentindo. Ela está caindo no bolso do brasileiro”, alertou. A tucana ressaltou que também já passou da hora de a presidente cortar na própria carne e enxugar a máquina pública.

Apesar da mensagem otimista transmitida nas propagandas petistas, a realidade é cruel, com vários indicadores preocupantes.  Na semana passada, mais uma onda de más notícias sobre a situação da economia brasileira veio à tona: desemprego recorde, inflação em alta, alto endividamente, queda no consumo e aumento de impostos são elementos que compõem o tenebroso cenário atual do país e ajudam a entender a ampla reprovação popular do governo Dilma Rousseff.

Do Portal do PSDB na Câmara