ImprensaNotícias

Nota do PSDB sobre o programa do PT

Quem esperava que o programa do PT fosse um espaço de bom senso, com uma clara autocrítica ao estelionato eleitoral cometido pelo partido e com explicações sobre a sua impressionante complacência diante da poderosa rede de corrupção montada nas estatais federais com a participação, inclusive, de dirigentes petistas, se surpreendeu ao ver, no programa exibido hoje, o PT de sempre: arrogante, alheio à realidade e intolerante para com seus críticos.

Com arrogância, voltam a amedrontar os brasileiros. Dessa vez, com imagens de alçapões e labirintos. Quem sabe os mesmos nos quais o partido se perdeu e jogou o Brasil.

Mais uma vez, insistem na divisão do país entre o PT e os outros. A mesma arrogância e intolerância exibida nos últimos anos, quando não apenas a oposição, mas também todos os principais setores da sociedade alertaram para o risco da recessão, da inflação e do desemprego. O PT não ouviu. Ignorou a todos de forma arrogante.

A presidente Dilma e o comando do PT se calam sobre a crise social, minimizam a crise econômica e divulgam a crise política como obra da oposição. Querem parecer vítimas injustiçadas e não autores do enredo das múltiplas crises em que enterrou o Brasil e os brasileiros.

Com arrogância de sempre, agem como quem não precisa prestar contas à população, ignoram as graves provas da corrupção instalada nos governos no PT. Nenhuma palavra sequer sobre corrupção! Nenhuma palavra sobre a prisão de um dos principais líderes do partido, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

O presidente nacional do PT ao invés de defender o partido da acusação de ter recebido R$ 10 milhões de propina na sua própria sede, o mesmo partido que levou o Brasil à maior recessão dos últimos 20 anos, teve o desplante de recomendar juízo aos outros.

Ao final, em nova e inacreditável manifestação de arrogância e de cinismo, ironizam os milhões de brasileiros que promovem panelaços como forma de expressar indignação pelas mentiras e pela corrupção institucionalizadas neste governo.

O programa do PT ofende e desrespeita os brasileiros, agride as forças políticas democráticas da oposição e mostra na TV que o principal compromisso do PT continua sendo com ele mesmo.

Senador Aécio Neves

Presidente Nacional do PSDB