ArtigosArtigos e EntrevistasBibliotecafeminismoImprensasociedades igualitáriasviolência doméstica

Expulsa de casa por se recusar a se prostituir, jovem se torna primeira surfista de Bangladesh

Foto de Nasima Akter no Facebook
Foto de Nasima Akter no Facebook

Foto de Nasima Akter no Facebook

Nasima Akter, de 18 anos, cresceu numa comunidade de surfistas na praia de Cox’s Bazar, onde aprendeu a pegar ondas e já venceu competições locais. Trajetória dela é contada em filme de diretor californiano

Num país muçulmano conservador onde mulheres não podem usar trajes de banho e são criticadas até mesmo por nadar em público, a jovem Nasima Akter, de 18 anos, passou de pioneira a uma sobrevivente ao se tornar a primeira surfista de Bangladesh.

Expulsa da casa dos pais aos 7 anos, após se recusar a se prostituir para ajudar a aumentar a renda da família, a menina encontrou abrigo numa comunidade de surfistas em Cox’s Bazar, conhecida por ser a maior faixa ininterrupta de areia do mundo. No local, aprendeu a surfar e chegou a bater surfitas mais experientes em competições locais.

Clique AQUI para ler a íntegra.