AgendaImprensaNotícias

Luislinda Valois é homenageada no Dia da Mulher Afro-americana e Caribenha

Luislinda MG pequenaA presidente do Tucanafro na Bahia, a desembargadora aposentada Luislinda Valois, será homenageada pelo Dia da Mulher Afro-americana e Caribenha em Belo Horizonte. O evento, promovido pelo Tucanafro de Minas Gerais, acontecerá no próximo dia 24 de julho, às 19 horas, na sede da Executiva Estadual do PSDB-MG no Barro Preto (Rua Ouro Preto, 846).

Luislinda é a primeira juíza negra do Brasil e recém integrada à Executiva Nacional do partido. O Dia da Mulher Afro-americana e Caribenha foi criado em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e afro-caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana como marco internacional da luta e da resistência da mulher negra.

De acordo com o presidente nacional do Tucanafro, Juvenal Araújo, o objetivo da comemoração de 25 de julho é ampliar e fortalecer as organizações de mulheres negras no Brasil, construindo estratégias para a inserção de temáticas voltadas para o enfrentamento ao racismo, sexismo, discriminação, preconceito e demais desigualdades raciais e sociais. “É um dia para ampliar parcerias, dar visibilidade à luta, às ações, promoção, valorização e debate sobre a identidade da mulher negra brasileira. E, para celebrar esta data faremos uma justa homenagem à primeira juíza negra em nosso país, Luislinda Valois, que agora ao meu lado também faz parte da Executiva Nacional do PSDB. Mais uma importante conquista que, em menos de 2 anos, já somos dois representantes do Tucanafro na Executiva Nacional do partido”.