Bibliotecafeminismosala de leituraviolência doméstica

Cartilha “Não Violência Doméstica” do Instituto Avon e Associação Palas Athena

Caminhos para a Não Violência
Um dos recursos para entender e superar a violência doméstica é a informação, daí a importância de compartilhar conhecimento e exercitar o diálogo sobre esse tema que se tornou epidemia mundial. Enfrentá-lo de maneira efetiva e equilibrada é um desafio im¬posto a toda a sociedade. Como um dos articuladores dessa causa, o Instituto Avon vem propondo ampliar a abordagem do enfrentamento da violência doméstica. Além de apoiar a divulgação do número 180 e a Lei Maria da Penha, o Instituto também considera que é fundamental compreender as possíveis causas e endereçar soluções de conflitos por meios pacíficos, a partir do seu entendimento e reflexão com toda a sociedade.
A cartilha que você recebe agora é uma delas. Síntese do Seminário Não Violência Do¬méstica, coordenado pela professora Lia Diskin, da Associação Palas Athena – realizado em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Porto Alegre –, a cartilha trata das origens históricas da violência, suas adaptações culturais e os clichês enraizados em torno dela. Faz, ainda, o contraponto entre violência e relacionamentos baseados na cooperação e fundados no respeito.
O objetivo da cartilha é colaborar para que a sociedade crie condições para a constru¬ção desses caminhos. Ao disponibilizá-la para download gratuito por meio do site www. institutoavon.org.br, o Instituto Avon espera que ela seja reproduzida nos mais diferentes ambientes e círculos – de instituições a ONGs – e disseminada por formadores de opinião, como administradores públicos, professores, agentes de saúde e líderes comunitários.
A cartilha, certamente, servirá como condutor de encontros e oficinas sobre violência intra¬familiar e de gênero e terá cumprido seu papel, caso se configure como instrumento efi-ciente na elaboração de relacionamentos mais pacíficos, felizes e saudáveis. Dessa forma, o Instituto Avon acredita estar contribuindo para ampliar a discussão sobre a violência doméstica e o entendimento sobre as maneiras mais eficientes de preveni-la e reduzi-la.

Parte do conjunto de ações desenvolvidas em 2010 no âmbito da campanha Fale Sem Medo – Não à Violência Doméstica, o Seminário soma-se aos esforços da Avon no Brasil em se alinhar à campanha mundial da Avon Foundation for Women, Speak Out against Domestic Violence. Criada em 2004 ela tem investido recursos em programas de conscien¬tização, educação, prevenção e atendimento direto às mulheres que enfrentam a violência. Globalmente, mais de 30 milhões de dólares já foram destinados a essa causa.
Lírio Cipriani
Diretor Executivo do Instituto Avon

Para ler a íntegra da cartilha clique AQUI