ArtigosImprensaNotícias

“Vitória na Convenção é só o começo”, por Solange Jurema

encontro-mulheresNo último fim de semana em Brasília, durante a realização do IX Encontro Nacional das Mulheres e a 12º Convenção Nacional do PSDB, as tucanas conquistaram mais e novos espaços partidários fundamentais para a organização de nosso trabalho para o biênio 2015/2017.

A nova composição da Comissão Executiva Nacional (CEN) do PSDB conta agora com nove mulheres, das quais a Vice-Presidente do Partido, a Deputada Federal Mariana Carvalho, de Rondônia, iniciando uma nova fase de relacionamento interno do Partido com as tucanas.

É uma vitória sem dúvida alguma, mas é apenas o começo.

Iremos continuar lutando cada vez mais por mais espaços no nosso cotidiano partidário.

Queremos que todas as direções estaduais acompanhem o que decidiu a direção nacional e destinem uma Mulher na Vice-Presidência, no âmbito das Executivas.

Assim como a direção nacional, é importante garantir o direito a voz e voto para a representante do Secretariado da Mulher em todas as questões partidárias e não apenas aos assuntos do segmento.

Além disso, esperamos que as direções estaduais acompanhem o exemplo e preencham, com pelo menos 30% das mulheres, os cargos relevantes do Partido.

Vamos discutir, também, as formas de aumentar a participação da mulher na política de tal modo que possamos ter autonomia na elaboração e na execução de um plano de ação que nos permita ampliar a mobilização das tucanas.

Ano que vem o país irá às urnas nas eleições municipais e desde já precisamos de programas que garantam uma discussão interna e com a sociedade sobre o papel das mulheres, seus problemas e as propostas para torná-las menos vítimas de preconceito, violência e discriminação no Brasil.

Dessa forma, vamos repetir a jornada vitoriosa das eleições municipais de 2012, quando o PSDB aumentou o número de candidatas e de mulheres eleitas nas prefeituras e câmaras de vereadores.

Nesse sentido, é essencial, é fundamental a ampliação do espaço para as mulheres nos programas e nas inserções partidárias gratuitas veiculadas nas emissoras de rádio e televisão – na verdade, em alguns estados a abertura dele.

Está na Lei! É nosso direito! Recentemente alguns Tribunais Regionais Eleitorais puniram os diretórios de partidos que não garantiram acesso às mulheres na participação da propaganda política partidária.

Vamos continuar lutando, reconhecendo que o nosso presidente, Senador Aécio Neves, teve a sensibilidade, a coragem e a determinação em abrir espaço às mulheres, expressas em suas palavras no IX Encontro Nacional de Mulheres: “Quero ser reconhecido como o presidente que escancarou as portas do partido para as mulheres”.

Palavras de um estadista, de um politico que vê além do seu tempo, que está marcando sua passagem na Presidência do PSDB com os olhos abertos para o futuro, sintonizado com a vontade das ruas.

Nossos agradecimentos!