ArtigosImprensa

“Política, mulheres e oposição no Brasil hoje”, por Cristina Lopes Afonso

dracristina_fotoÉ com muito orgulho que fui eleita presidente metropolitana do PSDB mulher e primeira tesoureira do PSDB Mulher Nacional. Assumo a liderança, ciente de que ainda somos poucas mulheres nas esferas do poder e temos grandes desafios para uma maior participação feminina na política.
Hoje o índice de participação política da mulher brasileira é muito baixo: o Brasil amarga hoje a 74ª posição no ranking mundial de capacitação política feminina, divulgado pelo “Fórum Econômico Mundial”.
Nesse último final de semana estive na Convenção Nacional do Partido Social Democrata Brasileiro, em Brasília.
Entre os assuntos discutimos a participação das mulheres no poder, afinal nenhuma reforma política pode responder aos anseios das ruas sem atender à maioria feminina da população brasileira.
Estudos apontam que as sociedades que praticam a igualdade de gênero em todos os níveis de sua organização possuem melhor IDH e desenvolvimento. Embora sejamos maioria da população e do eleitorado, continuamos a ser sub-representadas na politica brasileira, seja esta em nível municipal, estadual ou federal. Apesar de 51,9%% do eleitorado brasileiro ser feminino, apenas 12,3% do Congresso Nacional são mulheres. Na Câmara de vereadores de Goiânia não é diferente: somos apenas quatro num total de 35 vereadores.

 

Em nenhum âmbito da vida social a participação de mulheres e homens é tão desigual como no exercício do poder. A ampliação da participação da mulher na politica brasileira torna-se urgente e fundamental na consolidação e aperfeiçoamento da democracia brasileira.
Foi também na nossa convenção que reelegemos Aécio Neves como presidente do PSDB. Vivemos um momento delicado da política, com escândalos de corrupção em ebulição, crise econômica e política e um profundo sentimento de descrença.
Nesse cenário, a oposição precisa se estar cada vez mais forte e unida. Somos a voz dos que não concordam com a direção que o Brasil se encontra. Estamos a postos para fiscalizar, cobrar e fazer sempre uma oposição séria e contundente a favor de todos os brasileiros. Nossa oposição é pelo Brasil.

 

*Cristina Lopes Afonso é vereadora pelo PSDB em Goiânia, presidente do PSDB-Mulher de Goiânia e 1ª Tesoureira do PSDB-Mulher Nacional