Variedades

Globo de Ouro 2021 tem recorde de mulheres indicadas para melhor direção

Globo de Ouro 2021
Emerald Fennell, Regina King e Chloe Zhao concorrem a Melhor Direção no Globo de Ouro — Foto: Emerald Fennell – Rich Polk/Getty Images North America/Getty Images via AFP/Arquivo; Regina King – Jordan Strauss/Invision/AP/Arquivo; Chloe Zhao – Taylor Jewell/Invision/AP/Arquivo

Pela primeira vez na história da premiação, três diretoras concorrem na categoria: Emerald Fennell por ‘Bela Vingança’, Regina King por ‘Uma noite em Miami…’ e Chloé Zhao por ‘Nomadland’. Cerimônia acontece em 28 de fevereiro.

Emerald Fennell, Regina King e Chloé Zhao fizeram história no Globo de Ouro deste ano. Esta é a primeira vez que mais de uma mulher é indicada à categoria de Melhor Direção na premiação dedicada ao cinema e à TV.

As três vão concorrer com David Fincher e Aaron Sorkin. O Globo de Ouro anunciou nesta quarta-feira (3) os indicados à sua 78ª edição.

2015 foi o último ano em que uma mulher foi indicada nesta categoria, quando Ava DuVernay concorreu pelo filme “Selma”, mas perdeu para Richard Linklater (“Boyhood”).

Em toda a história do prêmio, apenas oito mulheres concorreram a melhor direção:

– Barbra Streisand – “Yentl” (1984) e “O Príncipe das Marés” (1992)
– Jane Campion – “O Piano” (1994)
– Sofia Coppola – “Encontros e desencontros” (2004)
– Kathryn Bigelow – “A hora mais escura” (2013) e “Guerra ao terror” (2010)
– Ava DuVernay – “Selma” (2015)
– Emerald Fennell — “Bela Vingança” (2021)
– Regina King — “Uma noite em Miami…” (2021)
– Chloé Zhao — “Nomadland (2021)

Barbra Streisand foi a única a vencer o prêmio, por “Yentl”. Ela dirigiu, protagonizou, coescreveu e coproduziu o filme sobre uma menina judia que se disfarça de menino para entrar no treinamento religioso. Streisand concorreu com Bruce Beresford, Ingmar Bergman, James L. Brooks e Mike Nichols.

Globo de ouro 2021

Promovida pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood (HFPA, na sigla original), a cerimônia com o anúncio dos vencedores acontecerá em 28 de fevereiro.

Durante o evento, Jane Fonda receberá um prêmio pelo conjunto da obra, uma homenagem a uma carreira de cerca de 60 anos no cinema, na televisão e na linha de frente das questões sociais.

Tina Fey e Amy Poehler serão as apresentadoras do Globo de Ouro. A dupla de comediantes vai repetir a parceria de 2013 a 2015, quando comandaram a premiação.

Com informações do G1