#MaisMulherNaPoliticaAgendaImprensaNotíciaspolíticasala de leitura

Márcia apresenta dez propostas para estimular novos negócios e empreendedorismo em Natal

Márcia Maia no Sebrae FOTO PSDB-RN assEmpreendedorismo e estímulo às micro e pequenas empresas em Natal como ferramenta de transformação econômica e social dos cidadãos. Esse foi o tom da socióloga e candidata à Prefeitura do Natal, Márcia Maia (PSDB-RN), que apresentou dez propostas de seu plano de governo para o setor econômico, social e empreendedor da cidade.

O evento reuniu, nesta terça-feira (6), no Sebrae-RN, os candidatos à Prefeitura do Natal para que fossem apresentadas as propostas para o pleito municipal deste ano direcionados ao setor produtivo da capital potiguar. A abertura contou com José Vieira, presidente do Conselho Deliberativo Estadual da entidade.

“A vida das pessoas acontecem nos bairros. Pequeno negócio cresce e o empreendedor reinveste no próprio bairro. Candidatos precisam tomar atitudes para estimular esses novos negócios. Precisamos de uma cidade próspera, com menos burocracia para que os negócios possam prosperar”, afirmou Vieira.

O Superintendente do Sebrae-RN, Zeca Melo, destacou o papel da entidade em promover não apenas a capacitação, mas o estímulo, desenvolvimento e o crescimento do empreendedorismo no estado, e claro, em Natal. Ele também reiterou o questionamento sobre o papel do gestor municipal na implantação de um ambiente favorável aos novos negócios. “O RN perdeu cerca de 5 mil empregos no sete primeiros meses do ano, sendo que 95% foram demitidos em empresas com mais de 100 empregados. As micro e pequenas empresas tiveram saldo positivo entre contratações e demissões, por isso, é preciso entender o papel dessa modalidade de negócio na economia do estado e de Natal. O estado e o município têm seu papel a desempenhar”, avaliou.

Dentre os participantes, Márcia se destacou por enumerar de forma sistemática as ideias para a gestão no segmento em Natal. Na oportunidade, a tucana recebeu o Guia do Candidato Empreendedor 2016, confeccionado pelo próprio Sebrae nacional. “O desenvolvimento nasce nas cidades. Tudo avança a partir das políticas públicas praticadas nos municípios e para os munícipes. Os micro e pequenos negócios são fundamentais e trazem benefícios importantes para as comunidades em que se instalam: geram emprego, fazem a moeda circular dentro da própria comunidade, possuem raízes comunitárias fortes, fomentam a circulação de pessoas e impactam na segurança das comunidades positivamente”, destacou.

A candidata afirmou ainda, sobre o momento de crise, da importância de iniciativas inovadoras e empreendedoras para superar as dificuldades. Segundo números do próprio Sebrae-RN, o Rio Grande do Norte terminou 2015 com 22% de microempreendedores individuais a mais do que 2014. Ainda segundo a instituição, há relação direta entre crise e empreendedorismo a partir da crescente no número do que o próprio Sebrae chama de “empreendedores por necessidade”, já que entre 2014 e 2015, o salto foi de 29% para 44% o número de pessoas que empreenderam em razão de alguma necessidade, como a perda de emprego.

“O IBGE indicou que 2015 fechou com um índice de potiguares desempregados em 11,7%. E, fica mais do que claro, que é no momento de crise que o ser humano mostra a sua capacidade de se reinventar e superar as dificuldades. Por isso, devemos incentivar essa cadeia empreendedora em razão não apenas dos grandes benefícios à economia, mas especialmente pelos seus impactos na vida em sociedade e na vida individual das pessoas”, ponderou.

Confira dez propostas de Márcia para desenvolvimento sócio-econômico:

1. Criação de condições especiais para que as micro e pequenas empresas tenham mais acesso às compras governamentais no município, no sistema de Compra Direta;
2. Reestruturação e implementação do plano diretor da atividade turística para estruturar a cadeia de negócios para uma maior participação das micro e pequenas empresas;
3. Valorização e profissionalização do artesão e da sua produção com processo de qualificação e capacitação ao empreendedorismo;
4. Diversificação do nosso produto turístico com a atração e estímulo a ações nas áreas do turismo de negócios, eventos, histórico-cultural e religioso;
5. Parceria por reabertura do Hotel-Escola Barreira Roxa para capacitar natalenses para novos investimentos na expansão do turismo em Natal;
6. Retomada do Programa SER – Sistema de Emprego e Renda, estratégia de microcrédito, acompanhamento e formalização para pequenos e novos empreendedores;
7. Programa do PRIMEIRO EMPREGO – o nosso ‘Primeira Chance’ na qualificação profissional dos jovens aprendizes que vão participar deste projeto;
8. Incluir os cursos de empreendedorismo e de gestão de negócios nos nossos cursos de qualificação profissional;
9. Potencializar a criação de empregos e a geração de renda por meio de incentivos fiscais e atualização da legislação urbanística em áreas específicas da cidade.
10. Simplificar os procedimentos de abertura, alteração e baixa de pessoas jurídicas, no tocante ao que depende da Prefeitura.

*Da Assessoria de Imprensa da candidata Márcia Maia