ImprensaNotícias

Tucanas comentam: Povo já deu impeachment legal a Dilma na pesquisa CNI-Ibope

S

S

Brasília (DF) – Para confirmar a sensação de que não há mais dia bom para o governo Dilma Rousseff, a pesquisa CNI-Ibope divulgada nesta quarta-feira (30), avisa que apenas 10% dos brasileiros ainda apoia sua administração.

Ao saber dos índices, a Presidente Nacional do PSDB Mulher, Solange Jurema, comentou.

“Essa reprovação em massa a Dilma é fruto de sua incompetência, de um governo que não tem gestão, que só está fazendo mal aos brasileiros. As pessoas sentem isso no bolso, em suas vidas, e consequentemente reprovam o governo, que está afetando profundamente a vida dos brasileiros para pior”. Para Solange, a pesquisa já é um impeachment dado pelo povo brasileiro ao governo Dilma, “É um impeachment dos brasileiros, que estão demonstrando sua rejeição a esse governo”.

Embora esse índice venha se mantendo praticamente inalterado desde junho de 2015, ou seja, desde as duas últimas pesquisas, 81% da população diz não confiar mais na presidente da República, o que tira de seu mandato qualquer resquício de legitimidade que ainda lhe restasse.

Adriana Toledo, presidente do PSDB Mulher de Alagoas e Coordenadora de Formação de Cidadania do PSDB Mulher Nacional, acha que os resultados da pesquisa demonstram o que já estávamos assistindo nas ruas.

“Estamos assistindo no dia-a-dia à insatisfação dos brasileiros com esse governo que já acabou, que não nos representa mais, que conseguiu desmantelar a economia e todos os problemas sociais, que haviam sido construídos com muita responsabilidade, durante as administrações do PSDB. Hoje é incontestável que o governo Dilma precisa dar lugar para que o Brasil reassuma a governabilidade de forma legítima.”

Sobre as alegações da presidente Dilma de estar na iminência de sofrer um golpe, seguidamente reiteradas, inclusive em coletiva à imprensa internacional, Adriana é clara: “Impeachment é um instrumento de controle legal, previsto em nossa Constituição, e não tenho dúvida de que irá acontecer. Esperamos que em breve, para que o Brasil recupere seu equilíbrio econômico e volte a oferecer ao seu povo as condições de vida digna que merecem”.

Fim do governo do marketing

Eliana Piola, 1ª Secretária do PSDB Mulher Nacional e presidente do PSDB Mulher de Divinópolis (MG), foi contundente.

“Essa pesquisa vem tornar público o que já sentíamos nos movimentos de rua: uma grande insatisfação. Demonstra o que foi o governo da presidente Dilma; um governo que se alicerçou na mentira, no marketing, sem nenhum conteúdo. Ela sempre foi uma sombra, nunca teve luz e brilho próprios e agora nós assistimos aí a esses números: um percentual de aprovação de apenas 10%. Até para justificar aquela máxima de Joãozinho Trinta, aquele carnavalesco, seja lembrada, quando ele dizia que toda a unanimidade é burra”.

Eliana lembrou, ainda, que ter 10% aprovando mostra que as pessoas pensantes, que sentem na pele o desgoverno, as dificuldades que lhes são impostas pelo aumento do custo de vida, da inflação, o desemprego em massa e a falta de oportunidade para a nossa juventude, formam essa enorme massa de brasileiros que em sua quase totalidade, expressando que esse governo não foi bom, que nós não o queremos e tomara, quiçá, que nunca mais se repita uma situação dessas.

“Não merecemos voltar a ser envolvidos por um produto de marketing, não mais do que isso”, finalizou Eliana Piola.