ImprensaNotícias

Investigado no petrolão diz à Justiça que pagou despesas pessoais do filho de Lula

Attachment-1O lobista Fernando Soares, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras investigado na Operação Lava Jato, afirmou em delação premiada à Justiça que pagou despesas pessoais no valor de R$ 2 milhões de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente Lula.

A informação foi revelada pelo jornalista Lauro Jardim em sua coluna em O Globo e reproduzida pela Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal O Globo, a delação premiada de Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, foi homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki na sexta-feira passada.

Leia mais nos sites do Globo e da Folha