boudiccaA rainha Boudica ainda é uma mulher enigmática em vários aspectos, pois os relatos que mencionam parte de sua história, se encontram em obras de historiadores romanos como Tácito e Dião Cássio; e neste caso, tais relatos apenas se referem aos acontecimentos ocorridos entre os anos de 60 e 61 d.C, os quais estão relacionados ao momento no qual Boudica passou a liderar algumas tribos celtas na Bretanha, a fim de vingar a morte de seu marido e a afronta ao seu povo, cometida pelos romanos. Tudo isso ocorreu durante o governo do imperador Nero (54-68), embora o imperador como sugerem alguns relatos romanos, não deu atenção a esse conflito, pois Nero não foi um imperador interessado em guerras e conquistas, ele até mesmo cogitou abandonar a Província da Bretanha, conquistada pelo seu tio, o imperador Cláudio.

 

Todavia, hoje em dia já existem livros que abordam de forma mais profunda a história de Boudica, principalmente obras de origem inglesa, que infelizmente não consegui ter acesso, logo, me limitei a contar um pouco sobre essa rainha guerreira, com base nos relatos de Tácito e Dião Cássio.

 

A rainha celta:
Os povos celtas se espalharam pela Europa a mais de dois mil anos atrás, o que incluiu uma leva de migrações de algumas tribos bretãs para o arquipélago da Grã-Bretanha. É preciso recordar que Bretanha é o nome de uma região hoje localizada na França, e foi a partir dos celtas bretões que seguiram para viver na Grã-Bretanha, que a ilha passou assim a se chamar.

No caso de Boudica, não se sabe ao certo de que tribo ela pertencia, também se desconhece o nome de seu pai e mãe, e dos demais familiares. Até mesmo não se sabe o ano que tenha nascido, embora haja especulações para a data, dentre as quais é sugerido o ano de 46. No entanto, Boudica quando se tornou rainha, ela passou a governar na tribo dos Icenos. Uma das tribos que vivia no leste da ilha, na região da East Anglia.

Clique AQUI para ler a íntegra.

Para saber mais clique AQUI.