ArtigosImprensa

“A voz das tucanas”, por Thelma de Oliveira

Foto: George Gianni/PSDB

Thelma-de-Oliveira-Foto-George-Gianni-PSDB-1.jpgAs inserções nacionais do PSDB nas emissoras de rádio e televisão do país nessa semana ganharam uma conotação mais ampla e especial, com a presença da presidente nacional do PSDB-Mulher, Solange Jurema, que deu o recado das tucanas para as brasileiras:

“As mulheres vão retribuir com mais trabalho, mais garra e mais força e ajudar a mudar o Brasil, a construir o Brasil que queremos todos, brasileiros e brasileiras .”

A presidente Solange Jurema, em sua fala na 12º Convenção Nacional do PSDB em Brasília, realizada no dia 5 de julho, referia-se às conquistas e aos espaços institucionais obtidos pelas tucanas e a disposição delas para lutar nas eleições municipais de 2012.

“No próximo ano será definitivo, com as eleições de prefeitas, de vereadoras”, anunciou, em nome das delegadas tucanas que participaram do IX Encontro Nacional das Mulheres, no dia anterior.

A participação da presidente nacional do PSDB-Mulher também tem outro significado especial: é o reconhecimento do trabalho realizado pelas tucanas no partido e a garantia de um espaço próprio para que possamos falar diretamente com a população.

Com isso, as 54 novas integrantes da direção nacional do PSDB-Mulher, bem como as 64 representantes tucanas no Diretório e as nove na Executiva nacional do partido começam já na semana que vem a organizar o trabalho preparatório para as eleições municipais de 2016.

Vamos programar atividades partidárias, a realização de eventos municipais, estaduais e nacionais para debater nossas propostas, definir e qualificar nossas militantes para a disputa.

Vamos superar os resultados alcançados nas eleições municipais de 2012, quando aumentamos o números de candidatas às prefeituras e às câmara de vereadores, assim como o numero de prefeitas e vereadoras eleitas.

Nesse sentido, saber que a voz das tucanas ganhou as ondas de rádio e televisão, expressas nas palavras de Solange Jurema, é um alento e uma motivação a mais para lutar a favor das mulheres e suas lutas e contra a violência, o preconceito e a discriminação que ainda sofrem no país.

Salve a voz e a força da voz das tucanas!

 

*Thelma de Oliveira é 1ª Vice-Presidente do PSDB-Mulher Nacional