ImprensaNotícias

PSDB Mulher de Alagoas quer participação feminina nas eleições de 2016

Adriana Toledo Foto: SECOM/Maceió
Em oficina de trabalho, tucanas defendem mais mulheres no parlamento

Em oficina de trabalho, tucanas defendem mais mulheres no parlamento

A ampliação da participação das mulheres na política é um dos objetivos do PSDB Mulher Alagoas, segundo defendeu a presidente do segmento tucano, Adriana Toledo, nesta manhã, durante a abertura do planejamento estratégico para 2016. “Dentro do PSDB alagoano, 49% das filiações são de mulheres”, festeja, querendo até o dia 14 de agosto, quando o presidente nacional do partido, Aécio Neves, deve vir a Maceió, alcançar a meta de 50%.

“Temos como foco a mulher no debate político com a sociedade”, disse Adriana, acreditando que na eleição do próximo ano haja um número significativo de mulheres candidatas em todo o estado pelo PSDB. “Estamos trabalhando na formação não apenas de um palanque em 2016, mas de um projeto político que represente os anseios populares a ser acolhidos e defendidos pelas tucanas”, acrescentou.

A vereadora Tereza Nelma, representante do PSDB Mulher de Maceió, que também participou da abertura do evento, disse que é preciso fortalecer a presença da mulher no parlamento e que o seu partido tem em Alagoas esse desafio, já na disputa eleitoral do próximo ano. “Precisamos construir uma política que garanta o bem comum da sociedade e isso se faz, sobretudo, no legislativo”, salientou a tucana.

A presidente nacional do PSDB Mulher, Solange Jurema, fará o encerramento do encontro no final da tarde, em uma das salas do Hotel Enseada, na Pajuçara. A Juventude tucana, representada por Vitor Leite, participa do evento.

* Assessoria/PSDB-AL