ImprensaNotícias

Alvaro propõe tempo maior para mães e pais cuidarem dos bebês

Foto: Gerdan Wesley/LidPSDBSenado

Foto: Gerdan Wesley/LidPSDBSenado

Brasília – O líder da Oposição, senador Alvaro Dias (PSDB-PR), apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para ampliar para 180 dias a duração da licença-maternidade, e para 30 dias o tempo da licença-paternidade. “A recomendação atual é a de que a criança seja amamentada nos seis primeiros meses de vida. Por isso, propomos que a duração da licença-maternidade seja aumentada de 120 para 180 dias”, disse o senador.

A mudança na Constituição em relação às mães, proposta por Alvaro Dias, oficializa o que já acontece na maioria dos casos, em razão de uma Lei Federal. Mas a PEC  aumenta de cinco para 30 dias o tempo para os pais auxiliarem as mães nos cuidados com a criança. “O primeiro mês de vida é o período que exige a maior dedicação dos pais”, justificou Alvaro Dias.

*Da assessoria do senador