ImprensaNotícias

Alvaro Dias condena novo imposto para financiar a saúde

hospitais1O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) condenou a possibilidade o governo criar um novo imposto para financiar o Sistema Único de Saúde (SUS). Nos últimos anos, o tucano se manifestou contrário à alternativa ou à reativação da CPMF. Para o tucano, a intenção de criar um novo imposto é uma “confissão de incompetência administrativa do governo do PT”. Segundo ele, o problema na Saúde não é de dinheiro, mas, sim, de gestão, agravado pela corrupção e pelo desvios.

“É fácil para este governo falar em criar ou recriar impostos. O que tem sido difícil para ele é falar em realizar uma reforma administrativa, em adotar programa de controle dos gastos públicos e combater implacavelmente o superfaturamento de obras e a corrupção. Portanto, falar em recriação da CPMF é uma afronta, um escárnio, é subestimar a inteligência da população, é um acinte às pessoas de bem que trabalham duro para pagar impostos”, disse o senador, no seu perfil no Facebook

Em entrevista à imprensa, o ministro da Saúde, Arthur Chiro, defendeu a discussão sobre o novo imposto, afirmando que é um “debate que a sociedade brasileira e o Congresso Nacional têm de fazer”.

A reportagem completa pode ser lida aqui

*Rede45